A estratégia às avessas

Em dezembro, a missão da ONU no Haiti fez uma campanha para alertar as crianças haitianas do perigo das armas (inclusive com as de brinquedo). Parece uma iniciativa para uma ação preventiva. Agora, sinceramente, acho que não adianta encarar as coisas assim. Segundo estimativas da Oxfam, o país caribenho tem pelo menos 300 mil armas leves, a maioria ilegais, a solta pelas ruas. Sem uma estratégia de desarmamento, iniciativas assim servem apenas para boas fotos de propaganda. Como esta aqui da ONU.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s